MK-AUTH

Alguem que Tenha Rede Fibra Utilizando o MKAUTH ? para dar dicas ?

Estou usando o Mkauth a mais de 2 anos e nao queria sair do mesmo ,
porem agora estou migrando a rede para fibra optica e nao sei como lhe dar se continuo com o mesmo ou se mudo para outro para poder documentar a rede .
Tem alguem usando o sistema e que tenha rede ja em fibra poderia me dar algumas dicas ,,

Exibições: 626

Responder agora

Respostas a este tópico

Poxa, eu também! A fibra, utp, antena e FE seria a estrada. O carro que você vai usar é uma escolha. Você pode ir de fiorino, uno, bongo, 3/4, truck, carreta, bitrem, ainda assim a estrada passa todo mundo. Luis, se entendi, nada vai mudar na forma de fazer AAA na sua rede. Vai ter o concentrador PPPoE, seja RB, Cisco, Quaga ou qualquer outra coisa, ou até um wifi configurado na ponta. O que você tá mudando é o tipo de estrada, com limite de velocidade escalável. Enfim, não mudou nada, o cenário continua o mesmo. Agora, como você vai administrar seus clientes, em que caixa tá, porta, etc. São outros 500.  Temos clientes a 6km da nossa base, ele autentica normalmente. Uso CHR(Mikrotik) virtualizado e base descentralizadas e ligadas por fibras, em ambas chega link. Quando o HyperVi identifica falhar em um servidor, ele redireciona a VM para o outro server, por esta mesma estrada, desliga a máquina e os clientes nem percebem. Espero ter ajudado.

Netloads disse:

Fiquei tão confuso com tudo isso acima que vou deixar o ramo de telecomunicações e inclusive e toda a rede do Detran e outras empresas terceirizada da mesma que foi eu que fiz, Rio de Janeiro, São Paulo, Brasília entre outras vou pedir para desfazerem.
Não estou falando de tecnologia empregada e sim estou falando da rede, rede é rede depois de pronta e tudo igual.

Eu utilizo o mkauth e desenvolvi ferramentas para auxiliar na administração da rede Optica.

entrem em contato.

David Stocco

Bacharel em Sistemas de Informação

41 99855-5452

show... esse é dos meus.

desenvolvi um programa chamado de Tcontrol que faz o controle das caixas de atendimento.

Quem quiser fazer um teste online pode solicitar uma senha de um mkauth teste e testar.
Sem_t_tulo
Elias Andrade disse:

Netloads, é fácil de entender, vou te explicar.
Parece que estamos falando de redes diferentes.

Cada rede é um PROJETO pra vc - vc projeta, implanta e entrega pro seu cliente.
Quanto mais problemas derem nessas redes depois de alguns meses de implantação, melhor pra vc.

No meu caso (e no caso de muitos pequenos provedores que estão implantando PON), pior pra mim, que tenho de arcar com todos os custos envolvidos em manter a OPERAÇÃO. Então o projeto, equipamentos, implantação, hora homem etc, saem do meu bolso constantemente. Como essas são redes de atendimento P2MP, entram e saem clientes as vezes, então sempre tem de remover e adicionar equipamentos à rede (seja adicionar/remover clientes numa CTO, seja adicionar mais CTO numa expansão de rede, a implantação de um novo bairro à ser atendido, etc). É importante saber onde temos uma CTO 1:8, uma emenda, uma fusão, a distância até esses clientes, a potência que está chegando em cada um deles, principalmente para fazermos um suporte pró-ativo.

Sistemas de gestão de rede que se integrem ao seu ERP (neste caso o MK-Auth), faz toda a diferença para manter uma operação dessas, principalmente à longo prazo.

"Se você não pode medir, não pode gerenciar" já dizia Peter Drucker.

Como vai funcionar?

eu quero fazer um teste



DAVID STOCCO JUNIOR disse:

show... esse é dos meus.

desenvolvi um programa chamado de Tcontrol que faz o controle das caixas de atendimento.

Quem quiser fazer um teste online pode solicitar uma senha de um mkauth teste e testar.
Sem_t_tulo
Elias Andrade disse:

Netloads, é fácil de entender, vou te explicar.
Parece que estamos falando de redes diferentes.

Cada rede é um PROJETO pra vc - vc projeta, implanta e entrega pro seu cliente.
Quanto mais problemas derem nessas redes depois de alguns meses de implantação, melhor pra vc.

No meu caso (e no caso de muitos pequenos provedores que estão implantando PON), pior pra mim, que tenho de arcar com todos os custos envolvidos em manter a OPERAÇÃO. Então o projeto, equipamentos, implantação, hora homem etc, saem do meu bolso constantemente. Como essas são redes de atendimento P2MP, entram e saem clientes as vezes, então sempre tem de remover e adicionar equipamentos à rede (seja adicionar/remover clientes numa CTO, seja adicionar mais CTO numa expansão de rede, a implantação de um novo bairro à ser atendido, etc). É importante saber onde temos uma CTO 1:8, uma emenda, uma fusão, a distância até esses clientes, a potência que está chegando em cada um deles, principalmente para fazermos um suporte pró-ativo.

Sistemas de gestão de rede que se integrem ao seu ERP (neste caso o MK-Auth), faz toda a diferença para manter uma operação dessas, principalmente à longo prazo.

"Se você não pode medir, não pode gerenciar" já dizia Peter Drucker.

existem vários sistema que podem contratar para documentação de fibra, 

https://www.optnet.com.br/
http://ww2.tomodat.com.br
http://www.geogridmaps.com.br/
http://www.geremap.com.br/

tenho empresa que trabalha com mksolutions e digo o sistema deles de documentação de fibras é horrível.
não só doc de fibra, e sim o v3.0 deles está péssimo só pau.
sugiro ficar com mk-auth que funciona certinho e contratar um sistema acima.

abraços

me adiciona no whats e conversamos.

41 99855-5452

David Stocco

weblinkdigital disse:

eu quero fazer um teste



DAVID STOCCO JUNIOR disse:

show... esse é dos meus.

desenvolvi um programa chamado de Tcontrol que faz o controle das caixas de atendimento.

Quem quiser fazer um teste online pode solicitar uma senha de um mkauth teste e testar.
Sem_t_tulo
Elias Andrade disse:

Netloads, é fácil de entender, vou te explicar.
Parece que estamos falando de redes diferentes.

Cada rede é um PROJETO pra vc - vc projeta, implanta e entrega pro seu cliente.
Quanto mais problemas derem nessas redes depois de alguns meses de implantação, melhor pra vc.

No meu caso (e no caso de muitos pequenos provedores que estão implantando PON), pior pra mim, que tenho de arcar com todos os custos envolvidos em manter a OPERAÇÃO. Então o projeto, equipamentos, implantação, hora homem etc, saem do meu bolso constantemente. Como essas são redes de atendimento P2MP, entram e saem clientes as vezes, então sempre tem de remover e adicionar equipamentos à rede (seja adicionar/remover clientes numa CTO, seja adicionar mais CTO numa expansão de rede, a implantação de um novo bairro à ser atendido, etc). É importante saber onde temos uma CTO 1:8, uma emenda, uma fusão, a distância até esses clientes, a potência que está chegando em cada um deles, principalmente para fazermos um suporte pró-ativo.

Sistemas de gestão de rede que se integrem ao seu ERP (neste caso o MK-Auth), faz toda a diferença para manter uma operação dessas, principalmente à longo prazo.

"Se você não pode medir, não pode gerenciar" já dizia Peter Drucker.

Responder à discussão

RSS

TheLinuxF

© 2018   Criado por Pedro Filho.   Ativado por

Badges - Divulgar  |  Relatar erro no site  |  Termos de serviço