MK-AUTH

gerando arquivos

amigos para gerar os arquivos para nfe primeiro é preciso selecionar os títulos e clicar no botão processar para nfe que abre a janela do print acima.

nessa janela tem as opções abaixo:

01 - porcentagem de icms que sua empresa paga, se deixar em branco o sistema coloca a alíquota que está no plano do cliente.

02 - porcentagem que vc deseja reduzir no valor da sua nota e depois calcular o icms em cima da alíquota passada.

03 - código CFOP para itens da nota, pode deixar em auto que o sistema pega a do cadastro do plano.

04 - modelo da nota, padrão de provedores é 21.

  • 21 Nota Fiscal de Serviço de Comunicação
  • 22 Nota Fiscal de Serviço de Telecomunicações

05 - Data de emissão da nota, padrão é o dia atual.

06 - Tipo de utilização, padrão é o acesso a internet:

  • Telefonia
  • Comunicação de dados
  • TV por Assinatura
  • Provimento de acesso à Internet
  • Multimídia
  • Outros

07 - Serie fiscal da nota gerada.

08 - Regime tributário aplicado a empresa.

09 - Descrição para o item da nota, se deixar em branco o sistema pega o campo descrição do titulo.

10 - Observação da nota fiscal.

11 - Data de referencia da nota, aqui o sistema pega o mês e ano a que se refere a nota gerada, geralmente é o mês anterior a data de emissão.

Botão MK-AUTH é o que abre uma pagina com o link para um zip onde ficam os arquivos que precisam ser enviados para receita.

imprimindo notas

depois de processar os títulos para nfe é possivel imprimir as notas no mk-auth, selecionando os títulos e clicando no ícone da impressora.

é possivel mudar o layout da nota diretamente no html da mesma, ele fica em /usr/local/mkauth/admin/nfe_layout e é possivel também colocar algumas variáveis da nota no layout do boleto, assim os dados da nota já sai no boleto, abaixo as variáveis aceitas no html dos boletos e da nota:

{NOTA_NUMERO}, {NOTA_SERIE}, {NOTA_REF}, {NOTA_EMISSAO}, {NOTA_CFOP}, {NOTA_MODELO}, {NOTA_BASE}, {NOTA_ALIQ}, {NOTA_ICMS}, {NOTA_ISENTAS}, {NOTA_OUTROS}, {NOTA_VTOTAL}, {NOTA_CHAVE}

para saber mais como alterar o html do boleto visite o tópico abaixo:

http://mk-auth.com.br/forum/topics/editar-html-dos-boletos-e-carnes...

enviando arquivos para receita

depois de gerar os arquivos no mk-auth vc precisa gerar o arquivo controle usando o programa da receita do link abaixo, nele vc abre o arquivo identificacao.ini que está no zip gerado pelo mk-auth e altera alguns dados se for preciso e clique em validar arquivo.

http://www.mk-auth.com.br/nfe/Valida_v2.09.exe

na janela de validação clique no botão abrir arquivo para que possa abrir o arquivo mestre gerado pelo mk-auth, depois clique em validar arquivo e se tudo ocorrer certo clique em gerar controle e o programa da receita gera mais um arquivo dentro da pasta de arquivos e pronto esses são os arquivos que você precisa enviar para receita usando um CD não regravável ou via TED com programa do link abaixo usando seu certificado digital.

http://www.mk-auth.com.br/nfe/TED_v2.09.exe

Em Minas Gerais e em outros estados que é salvo em CD é preciso colocar os dados neles, digamos que vc gerou 99 notas mês passado, vc grava na raiz de 2 CD não regravaveis os arquivos que o mk-auth gerou junto com o arquivo de controle no total são 5 arquivos (4 do mk-auth e controle do programa da fazenda) e nesses CD vc coloca um etiqueta trocando a parte em negrito pelo seus dados como abaixo:

Registro Fiscal – Convênio ICMS 117/13

Contribuinte:   MEU PREVEDOR LTDA

Insc.Estadual: 111.111.111.111

Arquivos: Mestre e Controle

Documento Fiscal: NFSC, modelo 21, série 1

Numeração: 000.000.001 a 000.000.999

Período de apuração: 11/2016

Status da apresentação: Normal

CD: 001 de 001

Exibições: 56059

Responder agora

Respostas a este tópico

Sim

Edu Marques disse:

Bom dia Stevens vc é daqui do MS?

O mk-auth não tá gerando? é que vou começar a emiter nf 21 esse mês 

stevens144 disse:

Sim

Então, eu vi um pessoal comentando que não ta emitindo pela Diginota, porem liguei la e o pessoal me informou que esta sendo compatível SIM com o Mk-auth. Respondendo sua pergunta, Sim emite nota 21, eu uso o sistema DIGINOTA.

Edu Marques disse:

O mk-auth não tá gerando? é que vou começar a emiter nf 21 esse mêS

Então mas não dá pra fazer sem o diginota, porque vc usa ele? desculpa não entendi direito

stevens144 disse:

Então, eu vi um pessoal comentando que não ta emitindo pela Diginota, porem liguei la e o pessoal me informou que esta sendo compativel SIM com o Mkauth. Respondendo sua pergunta, Sim emite nota 21, eu uso o sistema DIGINOTA.

Vc precisa de uma empresa que homologa as notas, no caso eles fazem esse serviço. Entra no site deles e entra em contato, eles te explicam como funciona todo o processo.

Edu Marques disse:

Então mas não dá pra fazer sem o diginota, porque vc usa ele? desculpa não entendi direito

vc tem que falar com o pessoal da Sefaz ai, explica que é nota de provedor de internet que eles entregam uma declaração para que vc e eu assinemos...

Edu Marques disse:

Olá bom dia!

Pedro tudo bem, não encontrei nada sobre o Estado de Mato Grosso do Sul vc pode me dizer se já está homologado pra gerar nf 21 aqui? é a primeira vez que vou fazer

Então Pedro tive conversando com outro amigo aqui do MS ele faz no mk-auth e leva os arquivos no CD na Sefaz, então acho que não precisa homologar, o arquivo não é enviado pelo Ted. 

Concorda?


Pedro Filho disse:

vc tem que falar com o pessoal da Sefaz ai, explica que é nota de provedor de internet que eles entregam uma declaração para que vc e eu assinemos..

Pedro, Um pedido e uma ideia.

Pedido: Validar o Código IBGE do cliente quando a opção emitir nfe estiver selecionada.

Sugestão: Porque você não se associa a uma das empresas de emissão de NFE e não da um suporte melhorado na parte de emissão de notas. 100 150 reais por mês já não é problema para nós que estamos emitindo NFE. e ao mesmo tempo temo dificuldade com a emissão das mesmas. Nós evitaríamos trocar de sistema uma vez que vocês passariam a dar um sopor te melhorado na emissão de notas.

Boa tarde aqui jws provedores to com duvidas no preechimento de acordo com novo leiaut 3.0 do validador das notas modelo 21 ,tem alguma orientação atualizada para preechimento correto, porque o validador atual da sefaz nao esta reconhecendo o arquivo sendo gerado 3.0 

Pedro,

Seguem as informações sobre a homologação no Pará:

VS SISTEMAS LTDA (BENITO GRACIANO)

Segue, abaixo, as orientações para a efetivação do cadastramento de fornecedor de software. 

Nome do Serviço: Cadastro de Fornecedor de Sistema de Processamento de Dados - PED.

 

Descrição: É o cadastramento de empresas que fornecem softwares de processamento eletrônico de dad os para estabelecimentos contribuintes do ICMS, utilizados para emissão de documentos fiscais e para escrituração de livros fiscais.

 

Base Legal: Dec. 4.676/01 (RICMS), Art. 388 e Instrução Normativa 06/2011.

 

Prazo: Não Há.

 

Retirada da autorização/documento: O comprovante de credenciamento para a venda de softwares fiscais será entregue ao sócio/titular da empresa, ou a pessoa por ele autorizada.

 

Taxa: Não tem.

 

Código da Taxa: Não tem.

 

Local para apresentação da solicitação:Gerência de Informações Econômico-fiscais da Coordenação Executiva Regional ou Especial de Administração Tributári a e Não-Tributária de circunscrição do contribuinte. No caso de o fornecedor estar localizado em outra unidade da Federação, deverá ser encaminhado à Gerência de Informações Econômico-fiscais da CERAT-Belém-térreo, no seguinte endereço: Av. Gentil Bittencourt, 2566 - Bairro São Braz - Belém-PA, CEP 66063-090.

 

Pré-requisito para realização do serviço: Contribuinte usuário deve estar na condição de ativo.

 

Quem pode solicitar: O sócio/titular da empresa, ou procurador autorizado.

 

Documentos necessários:

 

O pedido deve ser instruído com os seguintes documentos:

 

-- Ficha de cadastro de fornecedor de sistema e termo de respons abilidade em duas vias devidamente preenchidas e com assinatura reconhecida em cartório

 

- Cópia, autenticada em cartório, do Contrato Social da empresa e posteriores alterações.

 

- Cópia, autenticada em cartório, do documento de credenciamento emitido pelo detentor dos direitos autorais do sistema, se a firma for apenas distribuidora ou vendedora

 

- Procuração pública estabelecendo poderes ao assinante da "Ficha de Cadastro de Fornecedor de Sistema e Termo de Responsabilidade", caso a assinatura seja de pessoa não autorizada pelo contrato social.

 

Formulários: Ficha de cadastro de fornecedor de sistema e termo de responsabilidade. 



Pedro Filho disse:

ainda irei ver essa homologação nos estados, mais um cliente do Pará me pediu autorização para homologar lá com o nome dele, ele apenas me perguntou a linguagem de programação que foi usada e falei que foi PHP e ele resolveu com o contador dele...

PEDIDO / COMUNICAÇÃO DE USO DE SISTEMA DE PROCESSAMENTO ELETRÔNICO DE DADOS

Empresa desenvolvedora / Responsável Técnico:
F. PEDRO DA COSTA FILHO - ME / FRANCISCO PEDRO DA COSTA FILHO

Nº CNPJ / CPF:
04.347.310/0001-38 / 894.813.303-97

Nome do aplicativo:
SISTEMA MK-AUTH

Versão:
4.99

Principal arquivo executável (nome.extensão):
nfe.php

Tamanho em bytes
6.402

Data e/ Hora da Geração:
01/10/2014 16:55

Linguagem de Programação:
PHP Hypertext Preprocessor

Sistema Operacional:
Linux Debian

Gerenciador do Banco de Dados:
MariaDB

Funcionamento: Rede ou Monousuário
Rede

certo eu já fui pessoalmente nesse endereço em Belém e entreguei minha documentação Benito, já está resolvido...

Benito - Notas Fiscais modelo 21 disse:

Pedro,

Seguem as informações sobre a homologação no Pará:

VS SISTEMAS LTDA (BENITO GRACIANO)

Segue, abaixo, as orientações para a efetivação do cadastramento de fornecedor de software. 

Nome do Serviço: Cadastro de Fornecedor de Sistema de Processamento de Dados - PED.

 

Descrição: É o cadastramento de empresas que fornecem softwares de processamento eletrônico de dad os para estabelecimentos contribuintes do ICMS, utilizados para emissão de documentos fiscais e para escrituração de livros fiscais.

 

Base Legal: Dec. 4.676/01 (RICMS), Art. 388 e Instrução Normativa 06/2011.

 

Prazo: Não Há.

 

Retirada da autorização/documento: O comprovante de credenciamento para a venda de softwares fiscais será entregue ao sócio/titular da empresa, ou a pessoa por ele autorizada.

 

Taxa: Não tem.

 

Código da Taxa: Não tem.

 

Local para apresentação da solicitação:Gerência de Informações Econômico-fiscais da Coordenação Executiva Regional ou Especial de Administração Tributári a e Não-Tributária de circunscrição do contribuinte. No caso de o fornecedor estar localizado em outra unidade da Federação, deverá ser encaminhado à Gerência de Informações Econômico-fiscais da CERAT-Belém-térreo, no seguinte endereço: Av. Gentil Bittencourt, 2566 - Bairro São Braz - Belém-PA, CEP 66063-090.

 

Pré-requisito para realização do serviço: Contribuinte usuário deve estar na condição de ativo.

 

Quem pode solicitar: O sócio/titular da empresa, ou procurador autorizado.

 

Documentos necessários:

 

O pedido deve ser instruído com os seguintes documentos:

 

-- Ficha de cadastro de fornecedor de sistema e termo de respons abilidade em duas vias devidamente preenchidas e com assinatura reconhecida em cartório

 

- Cópia, autenticada em cartório, do Contrato Social da empresa e posteriores alterações.

 

- Cópia, autenticada em cartório, do documento de credenciamento emitido pelo detentor dos direitos autorais do sistema, se a firma for apenas distribuidora ou vendedora

 

- Procuração pública estabelecendo poderes ao assinante da "Ficha de Cadastro de Fornecedor de Sistema e Termo de Responsabilidade", caso a assinatura seja de pessoa não autorizada pelo contrato social.

 

Formulários: Ficha de cadastro de fornecedor de sistema e termo de responsabilidade.

boa boite quando gera pelo mkaut  a nota 21 gera um aquivo compactado e ao descompactar quando vai validar ele so a primeira validação que ver dados da empresa e na segunda nao nao acha

Responder à discussão

RSS

Parceiros

© 2017   Criado por Pedro Filho.   Ativado por

Badges - Divulgar  |  Relatar erro no site  |  Termos de serviço